IRACEMA – UMA TRANSA AMAZÔNICA
NO CINECLUBE BBC

24.04.2019, às 18 horas
Por Cláudia Mogadouro

Cartaz do filme "Iracema – Uma Transa Amazônica”

O CINE BBC, cineclube criado no final de 2018, vai exibir no próximo dia 24/04, às 18 h, o filme IRACEMA – UMA TRANSA AMAZÔNICA, de Jorge Bodanzky e Orlando Senna. O evento é gratuito.

O CINE BBC, coerente com o espaço cultural que o sedia, tem como eixo principal a sustentabilidade e as questões socioambientais. Desde janeiro de 2019, já foram exibidos os seguintes filmes: O Homem Urso, de Werner Herzog; O Abraço da Serpente, de Ciro Guerra e No Meio do Rio, Entre as Árvores, de Jorge Bodanzky. Empolgados com a obra deste cineasta que se especializou em documentários sobre a temática do meio ambiente, os participantes do cineclube escolheram o seu primeiro filme IRACEMA – UMA TRANSA AMAZÔNICA, que ele co-dirigiu com Orlando Senna para a próxima exibição. De forma pioneira, o filme mistura documentário e ficção, denunciando, em plena ditadura militar, o equívoco da transamazônica e a degradação em todos os sentidos que a estrada representava. O filme foi realizado por ideia de Bodanzky que, ao fazer uma matéria na Amazônia para a revista Realidade, nos anos 1960, percebeu a movimentação entre caminhoneiros e prostitutas. Encomendado por uma TV alemã, o filme foi realizado em 1974, ganhou vários prêmios em festivais internacionais, mas foi censurado no Brasil, tendo sido liberado apenas em 1981. Aqui no Brasil, além dos muitos prêmios que já recebeu, é considerado um dos maiores filmes da década de 70 e entrou na lista da ABRACCINE (associação brasileira de críticos de cinema), como um dos melhores filmes brasileiros de todos os tempos.

IRACEMA – UMA TRANSA AMAZÔNICA traz no elenco Paulo Cézar Pereio, como Tião Brasil Grande, e Edna de Cássia, como Iracema, além de Lúcio dos Santos, Elma Martins, Fernando Neves, Wilmar Nunes, Sidney Piñon, Rose Rodrigues e Conceição Senna. O filme tem 92 minutos.

Vale registrar que o Cine BBC tem vocação libertária e seus participantes vão se inspirando com os debates, criando mais e mais atividades. Com a exibição e debate do filme O Homem Urso, de Herzog, em janeiro, surgiu o desejo de mais filmes do cineasta alemão, sendo que o cineclube tem o privilégio de ter, entre suas participantes, a socióloga Rita Leão, que é especialista na obra de Herzog. Herzog é um cineasta que invariavelmente discute a relação homem/natureza, então, sua obra combina muito com a proposta do espaço. Criou-se, portanto, paralelamente, um Ciclo Werner Herzog, que uma vez por mês apresenta um título do cineasta. Já foram exibidos Fitzcarraldo, Vício Frenético e, no próximo dia 8 de maio, será a vez da exibição e debate do filme Rainha do Deserto (2015), com Nicole Kidman no elenco. Preparem-se também para este momento!

O BBC – Ciclo Café é um simpático bar-restaurante muito bem localizado na Rua Vergueiro, 2.757, entre as estações Vila Mariana e Ana Rosa, do metrô. O espaço oferece atendimento a ciclistas, contribuindo para o ciclo-ativismo na capital e para a mobilidade em São Paulo. Os ciclistas, além de local para estacionar suas bicicletas, podem tomar uma ducha e utilizar armários. A alimentação é variada, gostosa, saudável e com preços honestos. E as atividades culturais neste espaço têm crescido a cada dia, com saraus musicais, shows, exposições fotográficas e atividades de cinema. O espaço também funciona como co-working.

O Cine BBC também tem apoio do Coletivo Janela Aberta – Cinema e Educação.

0 comentários:

Postar um comentário