Cine Clube BBC

O CINE BBC, cineclube iniciado em janeiro deste ano, tem lugar no BBC – Ciclo Café, um simpático bar-restaurante muito bem localizado na Rua Vergueiro, 2.757, entre as estações de metrô Vila Mariana e Ana Rosa. 

Inspirados no Grupo Cinema Paradiso, os amigos-criadores do Cine BBC propõem reflexão e debate a partir de filmes que, atualmente, vêm se apresentam sob os seguintes eixos: 

  1. Sustentabilidade e Meio Ambiente se apresenta como tema urgente nos tempos que correm e escorrem, cotidianamente, no Brasil e no mundo. Coerente com a proposta de difundir o ciclo-ativismo como uma das alternativas de mobilidade e sustentabilidade, o cineclube apresenta uma vez por mês um filme com esta temática.

  2. A Mostra Grandes Diretores se dedica a explorar e difundir diferentes tipos de obras cinematográficas, privilegiando diretores que realizaram filmes grandiosos e marcantes ao longo da história do cinema. Desde o início do ano, o grupo já discutiu três filmes de Werner Herzog e três de Wong Kar-Wai. Agora, em Setembro, iniciamos a Mostra Lucrécia Martel.

  3. A nova vertente Música e Cinema desponta, dialogando com os saraus que acontecem no espaço cultural do BBC – Ciclo Café, a partir de produções que interseccionam as duas artes, sem se limitar por elas, nas mais diversas estéticas, formas e conteúdo.

As exibições, seguidas de debate, ocorrem sempre às quartas-feiras, às 18 h. Confira, a seguir, a programação para o mês de setembro, e reserve os horários em sua agenda para nos visitar.

Dia 4/9 – Mostra Grandes Diretores:
Filme: O PÂNTANO, (La Ciénaga, Argentina, 2000, 96 min).
Direção: Lucrecia Martel
Sinopse: A cidade de La Ciénaga é conhecida pelas extensões de terra que se alagam com as chuvas repentinas e fortes, formando pântanos que são armadilhas mortais para os animais da região. Perto da cidade fica o povoado de Rey Muerto, em que está localizado o sítio La Mandrágora, onde são cultivados pimentões vermelhos. Para ele vão duas famílias, lideradas por Mecha (Graciela Borges) e Tali (Mercedes Morán). Mecha é uma mulher em torno de 50 anos, que tem 4 filhos e um marido que procura ignorar bebendo cada vez mais. Já Tali é prima de Mecha e também tem 4 filhos, sendo que ama seu marido e sua família. Em meio a um verão infernal, as duas famílias entram em conflito quando a tensão entre elas aumenta.


Dia 11/9 – Cinema e Música
Filme: UMA NOITE EM 67 (Brasil, 2010, 85 min)
Direção: Ricardo Calil e Renato Terra
Sinopse do documentário: Final do III Festival da Música Popular Brasileira da TV Record, 21 de outubro de 1967. Entre os candidatos aos principais prêmios figuravam Chico Buarque de Holanda, Caetano Veloso, Gilberto Gil e Mutantes, Roberto Carlos, Edu Lobo e Sérgio Ricardo, protagonista da célebre quebra da viola no palco. Com imagens de arquivo e apresentações de músicas hoje clássicas, o filme registra o momento do tropicalismo, os rachas artísticos e políticos na época da ditadura e a consagração de nomes que se tornaram ídolos.

Atenção: na parte da tarde, das 15 h às 17h30, haverá sarau com canções da era dos festivais.


Dia 25/9 – Meio Ambiente e Sustentabilidade
Filme: O SEGUNDO ENCONTRO (La Deuxième Rencontre) (França-Brasil, 2019, 70 min). Documentário.
Direção: Véronique Ballot
Sinopse: Há 66 anos efetuou-se o primeiro encontro entre o homem branco e os Índios Metuktire da nação Kayapo, que vivia na época na beira do rio Xingu, no norte do estado do Mato Grosso/Brasil. O que ocorreu durante esses anos?
O que tem a dizer os sobreviventes e descendentes desse primeiro encontro, fotografados por Henri Ballot, fotógrafo da revista “O Cruzeiro”, participante da expedição Xingu, dirigida pelos Irmãos Villas Boas? Essa história confronta o passado com o presente, revivendo a memória dos
Caiapós através das fotos de Henri Ballot e nos traz elementos de reflexão sobre a questão da sobrevivência e da dignidade das nações indígenas.
Atenção: a cineasta, radicada na França, estará presente na sessão e debate.


0 comentários:

Postar um comentário