MOSTRA DE FILMES “ALFRED HITCHCOCK,
O MESTRE DO SUSPENSE

Alfred Hitchcock, o mestre do suspense” é tema de curso audiovisual
e mostra de filmes da Oficina Cultural Oswald de Andrade

Gratuitas, atividades resgatam os clássicos e as narrativas ricas em suspenses do cineasta inglês


Fãs da obra cinematográfica de Alfred Hitchcock poderão aproveitar a programação da Oficina Cultural Oswald de Andrade. Trata-se de um minicurso audiovisual focado no gênero suspense e uma mostra de filmes com os clássicos do diretor inglês.

No dia 26 de outubro, sábado, das 10h às 13h, o minicurso “Alfred Hitchcock, o mestre do suspense” será voltado à introdução do cinema feito por ele, ao estudo das técnicas narrativas, a evolução do estilo suspense e análise dos principais longas-metragens e filmes feitos para a TV que se encaixam nesse gênero. A coordenação é dos críticos de cinema Fernando Brito e Raphael Von Peer Cubakowic.

Já a mostra de filmes “Alfred Hitchcock, o mestre do suspense”, com coordenação de Brito, tem início em 26 de outubro e segue até o dia 21 de dezembro, com 18 longas-metragens do cineasta considerado um dos maiores expoentes quando o assunto é suspense na sétima arte.

De "O Inquilino" (1927) a "Frenesi" (1972), o ciclo Alfred Hitchcock traz, em ordem cronológica, longas-metragens de todas as fases da carreira do diretor que também chegou a trabalhar como produtor e ator. A seguir, confira mais informações sobre o minicurso e a mostra de filmes promovidos pela Oficina Cultural Oswald de Andrade, espaço que integra o programa Oficinas Culturais da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciado pela Poiesis.

SERVIÇO:

Minicurso - Alfred Hitchcock, o mestre do suspense
26 de outubro, sábado, das 10 às 13h
30 vagas | Classificação indicativa: 16 anos

Público: interessados em geral, sem a necessidade de domínio prévio sobre a linguagem cinematográfica.
Inscrição: no site (clique aqui) da Oficina Cultural Oswald de Andrade.

Mostra de filmes - Alfred Hitchcock, o mestre do suspense
Aos sábados
30 lugares | Retirar ingressos com uma hora de antecedência
Alguns filmes, conforme apontados a seguir, são seguidos de bate-papo com o pesquisador e crítico de cinema Fernando Brito. 

26/10, às 14h30
O Inquilino (The Lodger, Inglaterra, 1927, 90 min.)
Com Ivor Novello, Marie Ault e Reginald Gardiner como parte do elenco.
Classificação indicativa: 14 anos

Baseado em um livro homônimo inspirado no famoso assassino - Jack, O Estripador -, esse filme acompanha um serial killer de mulheres loiras e como se dá a trajetória de um homem “inocente”. O Inquilino foi o primeiro suspense do mestre, com a ambiguidade e elementos religiosos presentes na narrativa. 
Às 16h30, o público poderá participar de um bate-papo sobre essa obra. 

26/10, às 18h
O homem que sabia demais
(The Man who Knew Too Much, 1934, 75 min.)
Com Peter Lorre, Leslie Banks e Edna Best no elenco
Classificação indicativa: 14 anos
Durante as férias, um casal tem a filha sequestrada após um agente secreto lhes contar sobre um plano contra um importante governante estrangeiro. Para o segredo não chegar às autoridades, o sequestro é a ameaça na prática, além da tentativa da mãe em evitar um assassinato.
*Hitchcock fez uma refilmagem em 1956, com James Stewart e Doris Day, deixando de lado aspecto amador presente na primeira versão e que estará nessa mostra, no mesmo horário, só que no dia 7 de dezembro. 

2/11, às 14h30
Os 39 Degraus (39 Steps, Inglaterra, 1936, 86 min.)
Com Robert Donat, Madeleine Carroll e Lucie Manheim
Classificação indicativa: 14 anos
Mesmo sem uma contextualização contínua, esse filme capta a atenção do público por ser rico em sequências de suspense. Trabalhando com a figura do falso culpado, a narrativa traz Richard que conhece uma mulher misteriosa durante as férias. Ela lhe diz algo sobre o um homem perseguido por envolvimento em uma trama de espionagem. A moça morre e ele decide resolver o mistério.
O bate-papo sobre Os 39 Degraus, com Fernando Brito, começa às 16h30.

2/11, às 18h
A Dama Oculta (The Lady Vanishes, Inglaterra, 1938, 1936)
Com Margaret Lockwood, Michael Redgrave e Paul Lukas
Classificação indicativa: 14 anos

Durante viagem de trem pela Europa, a jovem Iris torna-se amiga da Srta. Froy. A senhora desaparece misteriosamente e, quando Iris investiga seu paradeiro, os passageiros negam tê-la visto. Os espectadores encontrarão um mix de sentimentos da jovem protagonista, que ora questiona o objetivo dos demais passageiros, ora desconfia da própria sanidade mental. O filme foi inspirado em livro homônimo de Ethel Lina White. 

9/11, às 14h30
Rebecca, a Mulher Inesquecível
(Rebecca, EUA, 1940, 131 min.)
Com Joan Fontaine, Laurence Olivier e George Sanders
Classificação indicativa: 14 anos

A adaptação cinematográfica do romance Rebecca, de Daphne du Maurier, mostra uma jovem humilde que se casa com um homem rico. Quando ela se muda para a mansão do marido, vive sob a sombra da ex-mulher, que todos amavam e morreu de forma trágica. Vencedor do Oscar de Melhor Filme e Fotografia, essa obra cinematográfica é considerada uma das mais densas de Hitchcock e também por onde estreou em direção nos Estados Unidos. 
Às 16h30, começa o bate-papo sobre Rebecca, a Mulher Inesquecível

9/11, às 18h
Suspeita (Suspicion, EUA, 1941, 96 min.)
Com Cary Grant, Joan Fontaine e Sir Cedric Harwicke
Classificação indicativa: 14 anos

Suspeita tem uma narrativa direta e oferece diversas reviravoltas. Johnny vive de dinheiro emprestado e mentindo para aplicar golpes. Ao conseguir viajar de primeira classe em um trem, ele conhece Lina, na época solteira. Eles se casam e depois da lua de mel, Lina começa a desconfiar que o marido quer matá-la. 

16/11, às 14h30
A Sombra de uma Dúvida (Shadow of a Doubt, EUA, 1943, 108 min.)
Com Teresa Wright e Joseph Cotton
Classificação indicativa: 14 anos

Para fugir de crimes cometidos, Oackley começa a viver na casa da irmã, cunhado e sobrinha em uma cidade do interior dos Estados Unidos. Mas a jovem Charlie, sobrinha, começa a desconfiar do tio. Em seguida, os espectadores podem participar do bate-papo sobre o filme, a partir das 16h30.

16/11, às 18h
Interlúdio (Notorious, EUA, 1946, 102 min.)
Com Cary Grant, Ingrid Bergman e Claude Rains
Classificação indicativa: 14 anos

Uma mulher, filha de um norte-americano condenado por ser espião nazista, é utilizada pelos Estados Unidos para espiar um grupo nazista na América do Sul. Durante a missão, ela se envolve com um agente americano. O tom patriota não domina, mas sim o de amor misturado ao segmento thriller.

23/11, às 14h30
Festim Diabólico
(Rope, EUA, 1948, 80 min.)
Com James Stewart, John Dall e Farley Granger
Classificação indicativa: 14 anos

Repleto de plano-sequências, o filme mostra dois amigos que cometem um crime contra um ex-colega de classe, considerando uma ação perfeita e fazendo uma festa para celebrar o feito. Até um professor é convidado para a celebração e, por lá, é desafiado a descobrir o ocorrido. Logo depois da exibição, a partir das 16h30, um bate-papo sobre o longa-metragem.

23/11, às 18h
Pacto Sinistro (Strangers on a Train, EUA, 1951, 101 min.)
Com Farley Granger, Robert Walker e Ruth Roman
Classificação indicativa: 14 anos

Um psicopata tenta convencer um astro do tênis a aceitar sua teoria que dois estranhos podem assassinar alguém e ficarem impunes da empreitada. O primeiro, que não se dá bem com o próprio pai, propõe que o jogador mate o senhor, enquanto ele poderia matar a esposa do atleta. 

30/11, às 14h30
Janela Indiscreta (Rear Window, EUA, 1954, 112 min.)
Com James Stewart, Grace Kelly e Wendell Corey
Classificação indicativa: 14 anos

Um fotógrafo, que por um tempo precisa usar cadeira de rodas, espia os vizinhos pela janela do apartamento e passa a acreditar que um deles cometeu um assassinato. As observações silenciosas passam a ter um suporte da namorada e da enfermeira. A partir das 16h30 tem início o bate-papo sobre a obra cinematográfica. 

30/11, às 18h
Disque M para Matar (Dial M for Murder, EUA, 1954, 105 min.)
Com Ray Milland, Grace Kelly e Robert Cummings
Classificação indicativa: 14 anos

Um jogador de tênis reverte uma traição feita pela esposa, tentando mata-la. Ao não conseguir, torna-a acusada de um assassinato em primeiro grau.

7/12, às 14h30
Um Corpo que Cai (Vertigo, EUA, 1958, 128 min.)
Com James Stewart, Kim Novak e Barbara Bel Geddes
Classificação indicativa: 14 anos

Um ex-policial luta contra traumas, mas fica obcecado por uma misteriosa mulher, casada com um antigo conhecido que pede a ele uma investigação sobre a esposa. O bate-papo sobre o longa-metragem começa às 16h30. 

7/12, às 18h
O Homem que Sabia Demais
(The Man Who Knew Too Much, EUA, 1956, 120 min.)
Com James Stewart, Doris Day e Brenda de Banzie
Classificação indicativa: 14 anos

Um médico norte-americano e sua esposa procuram pelo filho, quando este é sequestrado por conspiradores que pretendem matar um primeiro-ministro estrangeiro. *Trata-se de uma refilmagem da primeira versão (de 1934). 

14/12, às 14h30
Intriga Internacional
(North by Northwest, EUA, 1959, 136 min.)
Com Cary Grant, Eva Marie Sant e James Mason
Classificação indicativa: 14 anos

Um executivo de publicidade norte-americano é confundido com um espião por um grupo e tenta fugir. Ao ser acusado de assassinato, tenta provar que é inocente, além de tentar escapar da lei e dos criminosos. Em seguida, às 17h, tem início um bate-papo sobre o filme. 

14/12, às 18h
Psicose (Psycho, EUA, 1960, 109 min.)
Com Anthony Perkins, Janet Leigh e Vera Miles
Classificação indicativa: 14 anos

Considerado um dos maiores clássicos do diretor inglês, Marion decide melhorar de vida financeira. Trabalhando como secretária, ela rouba 40 mil dólares de um cliente da empresa. Ao fugir, chega a um motel isolado e gerenciado por Norman Bates, um rapaz obcecado pela mãe. O filme buscou inspiração no livro homônimo de Robert Bloch. 

21/12, às 14h30
Os Pássaros (The Birds, EUA, 1963, 119 min.)
Com Rod Taylor, Tippi Hedren e Jessica Tandy
Classificação indicativa: 14 anos

Uma socialite rica procura por um namorado em pequena cidade da Califórnia. Mas na região, as pessoas começam a ser atacadas por pássaros. A partir das 17h tem início o bate-papo sobre o filme. 

21/12, às 18h
Frenesi (Frenzy, Inglaterra,1972, 116 min.)
Com John Finch, Barry Foster e Barbara Leigh-Hunt
Classificação indicativa: 14 anos

Um serial killer estrangula mulheres com uma gravata. Enquanto os crimes ocorrem, a polícia londrina foca em um suspeito que não é o verdadeiro assassino. 

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Oficina Cultural Oswald de Andrade
Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro – São Paulo
Telefone: (11) 3221-4704
Funcionamento: de segunda a sexta-feira das 9h às 22h, e aos sábados das 10h às 18h
www.oficinasculturais.org.br

SOBRE A OFICINA CULTURAL OSWALD DE ANDRADE
A Oficina Cultural Oswald de Andrade realiza atividades na formação e difusão cultural em diferentes linguagens artísticas. As atividades são gratuitas e no formato de oficinas, workshops, núcleos de estudos, seminários, residências artísticas, intercâmbios, apresentações cênicas, exposições, entre outros. Em seus 30 anos de existência, passaram pela Oficina grandes nomes como Quentin Taratino, Klauss Vianna, Nuno Ramos, além de importantes companhias nacionais e internacionais como Théâtre du Soleil, The Workcenter of Jerzy Grotowski, e Thomas Richards e Teatro da Vertigem. Em 2015, a Oficina foi indicada ao Prêmio Shell na categoria Inovação “pela ampliação e renovação no acolhimento de projetos de artes cênicas, com a plena ocupação de seu espaço por grupos e companhias de teatro, com uma ousada agenda cultural que potencializa a revitalização do bairro do Bom Retiro”. Oficinas Culturais é um programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, que atua, desde 1986, na formação e na vivência da população no campo de cultura. O Programa é administrado pela organização social Poiesis. 

SOBRE A POIESIS
A Poiesis – Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura. 

Poiesis – Coordenação de Comunicação
Carla Regina – Coordenação | (11) 4096-9827 | carlaregina@poiesis.org.br
Assessoria de Imprensa
Jariza Rugiano | (11) 4096-9810 | jarizarugiano@poiesis.org.br
Leila Antunes | (11) 4096-9852 | leilaantunes@poiesis.org.br

Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo – Assessoria de Imprensa
Stephanie Gomes | (11) 3339-8243 | stgomes@sp.gov.br
Milene Spinelli | (11) 3339-8308 | milene.spinelli@sp.gov.br

<< Voltar

0 comentários:

Postar um comentário